MOSCOVO

Moscovo é a capital da Rússia, cidade com mais de 11 milhões de habitantes, é assim a cidade da Rússia com mais habitantes. Moscovo é um importante centro politico, económico, cultural, cientifico, religioso, financeiro, educacional. Moscovo é uma megacidade, sendo neste momento a cidade com mais população na Europa, e a sexta maior cidade do mundo. Segundo a lista Forbes, Moscovo possui actualmente 79 bilionários, passando 2011 a ser a cidade com mais bilionários do mundo seguida de Nova Iorque. Moscovo esta sediada sobre o Rio Moskva. Moscovo é a sede do Kremlin, uma antiga fortaleza que é na actualidade a residência do Presidente Russo e do poder executivo na Rússia.

A nivel de transportes Moscovo é uma cidae muito bem servida, possuindo neste momento 4 aeroportos internacionais, e uma das melhores e maiores redes de metro do mundo, sendo que a nivel de rede de metro Moscovo apenas é ultrapassada por Tóquio no Japão.

Moscovo torna-se assim uma cidade a visitar e a não perder, visto ser neste momento um dos maiores expoentes a nivel económico não só a nivel europeu mas também mundial. Quem pensa que Moscovo parou no tempo e ainda é uma cidade da antiga União Soviética irá certamente ficar surpreendido pelo positiva.

Estes são os 10 lugares que não deve deixar de visitar durante uma visita a Moscovo:

1. A Praça Vermelha foi idealizada por Zar Iván III com a finalidade de ter um espaço livre junto ao Kremlin para evitar os incêndios tão habituais na época. A primeira vez que se pisa a Praça Vermelha parece grandiosa e não é para menos já que tem 74.831 m2 de superfície, 695 metros de comprimento e 130 metros de largura. A Praça Vermelha está limitada por Kremlin, os grandes armazéns GUM, a Catedral de São Basílio e o Mausoléu de Lenin.

2. O Mausoléu de Lenin é uma cripta na qual se mantêm mumificados os restos de Lenin, pode-se visitar. Na parte traseira do Mausoléu ao lado da muralha de Kremlin existe um cemitério de personagens ilustres como Gorka, Stalin, Gagarin.

3. Museu Histórico do Estado (2ª-3ª, 5ª, Sábado-Domingo das 10:00 às 18:00), na Praça Vermelha, foi edificado durante os anos 1878 – 1883. Tem 57 salas nas quais se expõe um reduzido número de peças no total que dispõe o museu, organizadas cronologicamente desde a Pré-história até a Segunda Guerra Mundial.

4. Os Armazéns GUM estão situados no mesmo sítio que estava o mercado do século XV. São três passagens de três pisos cheios de lojas, o capitalismo chegou a Moscovo e à Rússia!!!

5. A Catedral de São Basílio foi mandada construir pelo Zar Iván o Terrível. O edifício está formado por nove cúpulas e no seu interior alberga frescos do século XVI. Mesmo em frente da Catedral de São Basílio  em Moscovo poderemos ver, o patíbulo de Moscovo, uma plataforma que tem forma circular e servia para as execuções.

6. O Kremlin está rodeado por 2 Km. de muralha e 20 torres. A sua construção data de 1156, mas foi reformado várias vezes ao longo da história. Para se entrar no Kremlin deve-se passar pela Torre Spasskaia ou de São Salvador. Ao passar por aí todos os cidadãos russos deviam destapar a cabeça, em sinal de respeito à imagem de Cristo; inclusive o Czar.

7. A Catedral da Assunção mistura o estilo russo com o renascentista, foi construída em 1475 pelo do Czar Iván III. No seu interior o ícone religioso de São Jorge do século XIII, é considerado uma figura de especial veneração. Nesta catedral coroavam-se os Czares.

8. A Avenida de Lenin é um lugar agradável para passear. Aproveite a visita para conhecer: os Museus de Paleontologia e Mineralogia; e os Hospitais Golicyn de Kazarov e Pirogov de Bove do ano 1828. Muito perto à Avenida Lenin está o Mosteiro del Don, construído no ano 1851 pelo mandato de Zar Ivanovic. Esta construção completamente amuralhada protege no seu interior 7 igrejas de grande beleza.

9. O Parque Sokolniki, antigo lugar de caça dos czares de 600 hectáres; a Igreja de São Nicolás Mártir de estilo barroco; o Palácio do Príncipe Razumovskiy sede do Instituto Central de Cultura Física; a Catedral da Epifanía a maior de Moscovo e já em Baumanskaja Ulitsa os Quartéis Vermelhos e o Palácio Ekaterininskiya.

10. O Convento Novodevichi (4ª a 2ª 10:00 às 18:00), esta jóia da arquitectura é capa que deslumbra o visitante com os seus muros de ladrilho branco, as suas torres vermelhas e as suas brilhantes cúpulas. Foi fundado por Basilio III no ano 1524 para comemorar a captura de Smolensk. A catedral é a parte mais antiga do convento e contém objectos de arte maravillosos. Também destaca-se no conjunto a igreja da Dormición e o cemitério.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>