BERLIM

Berlim, situada na planicie setentrional Alemã, tem uma posição muito favorável às comunicações (sistemas de cursos de água Spera-Havel-Elba-Mittellandkanal e Sprea-Oder) que já beneficiavam o seu desenvolvimento na Idade Média. A cidade de Berlim paralelamente à importância económica, desenvolveu uma crescente função administrativa (residência dos eleitores de Brandeburgo, capital da Prussia, capital do Império) tendo-se tornado pólo de atracção dos fluxos migratórios (em 1699 os huguenotes representavam 20% dos berlinenses), além de um qualificado centro artesanal.
Notável é também o aumento demográfico: a população de 265.000 habitantes em 1834 tinha já aumentado para 1.899.000 em 1900 e para 4.300.000 no inicio da segunda guerra mundial. Ao forte aumento demográfico corresponde uma rápida expansão da superficie urbana (em 1920 formou-se a chamada Grande Berlim). No ordenamento urbanistico evidenciam-se três unidades: o centro, coração da cidade; a Wilhelminiche Ringstadt, que é a zona mais densamente povoada e a Aussenstadt, com bairros residenciais, mas também com estabelecimentos industriais. Os arredores na proximidade da cidade são ricos em bosques, parques e superficies lacustres formadas pelos rios Sprea Dahme e Havel.
Berlim, tem tanto de plano urbanisticos como no económico, passou desde 1945 por evoluções diferentes na parte ocidental e na oriental. Para a primeira, a perda da função de capital, o forçado isolamento e a construção do muro em 1961 constituiram dificuldades enormes à sua reconstrução que, não obstante, graças a uma prudente politica económica e às ajudas financeiras estatais, foi prontamente accionada.
Quanto a Berlim Oriental, se no plano industrial os sectores permaneceram mais ou menos os mesmos dos de Berlim Ocidental, o sector terciário teve também um desenvolvimento considerável, graças à função de capital da República Democrática Alemã.

LOCAIS A VISITAR – A Siegessäule e a Porta de Brandenburgo – Berlim

Entre os símbolos mais famosos da cidade estão o Muro de Berlim, maior símbolo da Guerra Fria, construído no ano de 1964 e derrubado em 1989, devido à luta por liberdade e direitos humanos. Visite ainda as Portas de Brandenburgo, porta triunfal de entrada na cidade de Berlim, encomendada pelo Rei Frederico da Prússia como um símbolo de paz. Depois da queda do Muro de Berlim  tornou-se o símbolo oficial da reunificação alemã e é um dos símbolos mais famosos da Europa.

Em Berlim poderá ainda visitar a Siegessäule, um importe marco histórico e um dos principais pontos turísticos de Berlim. Conhecida também como Coluna da Vitória ou Coluna Triunfal, a Siegessäule é um monumento em forma de coluna, onde é mantida uma estátua de um anjo dourado, em bronze, com instrumentos representativos de batalha e vitória, erguido em lembrança e homenagem à vitória da Prússia na guerra contra a Dinamarca, Áustria e França.

Um roteiro interessante será caminhar pela Unter den Linden, atravessar a Porta de Brandenburgo e dar uma conferida no Reichstag. Depois pode caminhar pela Str. des 17. Juni, passear e descansar um pouco no Tiergarten e, por fim, caminhar até à Siegessäule e admirar a sua beleza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>